Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

A Conjuração Baiana

*Introdução:

A Conjuração Baiana, também conhecida como Revolta dos Alfaiates, foi um movimento separatista que contou com a participação de sapateiros, alfaiates, bordadores, ex-escravos e escravos.
Um dos motivos para a revolta foi à transferência da capital para o Rio de Janeiro, em 1763. Com tal mudança, Salvador (antiga capital) sofreu com a perda dos privilégios e a redução dos recursos destinados à cidade. Assim Salvador, fervilhava com queixas contra o governo, cuja política elevava os preços das mercadorias mais essenciais, causando a falta de alimentos, chegando o povo a arrombar os açougues, ante a ausência de carne.


*Influencias:

Com tal acontecimentos foram essências para o começo da revolta que sofreu influencia das ideias iluministas do exterior, a independência dos Estados Unidos, a Inconfidência Mineira que contam com a participação da classe mais humilde ate a elite culta, reunida também em associações como a Maçonaria Loja Maçônica 'Cavaleiros da Luz'.


*Ideias:

Diferente da Inconfidência Mineira os Revoltosos queria a libertação dos escravos, um governo em que as pessoas fossem promovidas de acordo com sua capacidade (governo igualitário), a instalação da primeira republica na Bahia, e aumento dos salários dos soldados. Tais ideias foram divulgadas para a população baiana pelos escritos do soldado Luiz Gonzaga das Virgens e de igual maneira panfletos do medico Cipriano Barata. Essas divulgações ocorreram no dia 12 de agosto de 1798


*Desfecho:

Apesar da divulgação e numero de pessoas envolvidas o movimento não deu certo, com a distribuição precipitada dos panfletos as autoridades ficaram sabendo do que aconteceria. Entre as informações declaradas nos panfletos estava o seguinte trecho:  "Animai-vos Povo baiense que está para chegar o tempo feliz da nossa Liberdade: o tempo em que todos seremos irmãos: o tempo em que todos seremos iguais."

Com as informações nas mãos das autoridades, os revoltos foram caçados, centenas de pessoas procuradas e julgadas. Apenas nove foram condenados à morte por meio de enforcamento no dia 8 de Novembro de 1799.

O movimento envolveu indivíduos de setores urbanos e de igual maneira marginalizados na produção da riqueza colonial, que se revoltaram contra o sistema que lhes impedia perspectivas de ascensão social.


*Curiosidades:

-O quinto condenado à pena capital, o Ourives Luís Pires, fugitivo, jamais foi localizado. Pela sentença, todos tiveram os seus nomes e memórias "malditos" até à 3a. geração.


*Imagens:




  *Video:







Nenhum comentário:

Postar um comentário